sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

1

Séries que viciam: Prison Break



A primeira vez que ouvi falar de Prison Break foi em 2009, quando meu namorado comentou sobre uma das cenas (sobre o dedo de um cara e o que acontecia com ele) e imediatamente decidi: não vou assistir essa série! É violenta demais pro meu gosto! E eu sempre fui mole pra ver essas coisas, confesso.

Mas no ano passado, em um domingo sem nada pra fazer, depois de muita insistência propaganda de um amigo, resolvi começar a assistir e 42 minutos depois... meu, que série foda! Eu queria assistir um episódio atrás do outro, deixava de dormir para continuar assistindo e só parava quando realmente não aguentava mais segurar o sono. Os viciados em séries com certeza vão me entender.



Como o próprio nome já diz, a série se passa dentro da prisão. Michael Scofield (Wentworth Miller) tenta de tudo para salvar seu irmão, Lincoln Burrows (Dominic Purcell), que foi preso por um crime que não cometeu. O problema é que ninguém acredita na inocência de Lincoln e, pra piorar, as pessoas que planejaram tudo isso são muito poderosas, existe toda uma "organização" por trás disso, coisas que eles nem imaginam. Michael é engenheiro civil, tem uma inteligência excepcional (sério, o cara é um gênio), e depois de muito quebrar a cabeça tentando resolver a situação do irmão, ele decide tatuar a planta da prisão de Fox River e planeja cada detalhe: um crime, o julgamento, a cela e a fuga. Aaah, essa fuga! E é claro que não é tão fácil assim. Tudo acontece dentro daquela prisão. Veronica Donovan (Robin Tunney), ex de Lincoln, é a advogada que tenta tirar os dois de Fox River, mas ela não tem ideia do risco que corre tentando descobrir os podres escondidos por trás desse crime e o real culpado. Enquanto isso, dentro da prisão, Michael vai estudando todas as possibilidades e colocando seu plano em prática o mais rápido possível, antes que Lincoln fique sem tempo. Lá ele conhece a Dra. Sara Tancredi (Sarah Wayne Callies), médica da prisão, e tenta convencê-la de que seu irmão é inocente, na esperança de que ela os ajude.



E esse é o só o começo da primeira temporada. São quatro, no total. O primeiro episódio foi exibido no dia 29 de agosto de 2005, nos Estados Unidos, e 10 de outubro de 2005, no Brasil. O season finale foi um episódio duplo, lançado em 2009, e você pode encontrar como filme. Muitas coisas acontecem nessa série. Cada episódio te deixa ainda mais curioso e ansioso.

Todas as temporadas estão disponíveis no Netflix. Recomendo demais!

Queria (muito) falar sobre todos os meus personagens favoritos de Prison Break, mas seria spoiler porque alguns bonzinhos ficam maus e os maus ficam bonzinhos... ops, parei! Nós não gostamos de spoiler por aqui, ok?



O melhor disso tudo é que no ano passado, enquanto eu estava na terceira temporada (ou quarta, não lembro), a Fox confirmou a quinta temporada para 2016 com o elenco original (AÊÊÊÊÊÊÊEÊÊ!!!). Eu amei a notícia! Óbvio! Viciei tanto na série que já estava sofrendo antes de terminar de assistir. Agora estou super ansiosa esperando qualquer novidade sobre o assunto. É realmente uma das minhas favoritas. Amei!



#VoltaPrisonBreak
#SaudadesMichael ♥
#SaudadesLincoln
#SaudadesSara
#NãoDemoraFoxJáé2016 

Amo essa parte:



E claro, o trailer pra dar um gostinho:


1 Comentário:

Deyvson --> Responder disse...

Comecei assistir essa série por sua causa, pensei que seria mais uma série violenta sem história, mas realmente surpreende e é realmente incrível. Obrigado por ter me indicado...
Omg vc tem um blog e nunca comentou isso :v